Por Alice Santos

Novo mês, novo poema. Maio é o mês dedicado às mães, aos trabalhadores, ao coração e tantas outras coisas. Assim, deixo-vos o meu Maio…

Maio! Mês de todas as coisas

Maio! Mês de louvor
Louvor às mães
mães que lutam
mães que amam
mães que trabalham
mães que nunca desistem

Maio! Mês de gritar bem alto
Gritar pela liberdade
liberdade de pensamento
liberdade de escolha
liberdade de expressão
liberdade de batalhar pelos direitos

Maio! Mês de todas as coisas
Mês de medo, de luta, de vitória, de paz
Medo pintado a sangue
Luta com a força do povo trabalhador
Vitória da voz das palavras feitas arma
Paz onde céu e mar são cor de esperança.

Anúncios