Por Gustavo Martins-Coelho

2015052100A Economist Intelligence Unit analisou oitenta países, atribuindo-lhes uma pontuação em onze variáveis, para determinar quais aqueles que oferecem melhores condições para uma vida saudável, segura e próspera [1]. Os três melhores países para se nascer são, por ordem: a Suíça, a Austrália e a Noruega. Em suma:

  • O dinheiro não traz a felicidade, mas ajuda a fazer dois terços do caminho;

  • Os melhores países para se nascer são pequenas democracias liberais pacíficas e homogéneas;

  • O Ocidente ainda é o melhor sítio para se nascer;

  • A pobreza, a violência e a falta de liberdade definem os piores países para se nascer;

  • A pobreza associada à desigualdade é ainda pior do que a pobreza pura e simples;

  • A China ainda não é um bom sítio para se nascer.

Anúncios