Por Gustavo Martins-Coelho

2015101300

O mapa acima mostra o desempenho dos alunos de cada país europeu no exame de Matemática do PISA em 2012, medido como percentagem da média da OCDE.

O Programa para Avaliação Internacional dos Estudantes (PISA), organizado pela OCDE [1], é um dos estudos padronizados do desempenho escolar em larga escala mais fiáveis do mundo. Em 2012, este estudo incluiu mais de meio milhão de estudantes com idades entre quinze anos e três meses e dezasseis anos e dois meses, a quem foram distribuídos testes escritos na sua língua materna.

O PISA dá prioridade à capacidade do estudante de pensar por si mesmo, sobre a capacidade de memorizar métodos e resultados, o que o torna mais apetrechado para a comparação entre sistemas educativos diferentes.

A média da OCDE foi de 419 pontos e o melhor resultado foi obtido por um estudante de Xangai, com 613 pontos (124 % da média).

Na Europa, os países que obtiveram os melhores resultados foram a Suíça (107 % da média da OCDE), os Países Baixos (106 %) e a Polónia e a Finlândia (ambas com 105 %). Os piores resultados foram obtidos na Albânia (80 % da média), no Montenegro (83 %) e na Bulgária (89 %). Portugal fica também ligeiramente abaixo da média da OCDE (99 %).

Os números foram compilados pelo Jakub Marian [2]. O mapa é propriedade da Fotolia.com [3] e utilizado com a sua autorização.

Anúncios