Nota do editor: este artigo é um resumo do texto original da Marina Barbieri, publicado no blogue «Deu Ruim» [1].

Quando queremos muito uma pessoa, enganamo-nos; tentamos encaixar aquele ser humano em posições estranhas; clamamos por um sim, apesar de estar destinado ao não; queremos, batemos o pé e fazemos birra. Mas, um dia, percebemos que o amor tem de ser uma via de dois sentidos, fácil, bom, complementar, de ajuda. O amor que é luta é ego; se rebaixa, é dor. Então, aprendemos que o amor que não é amor não encaixa, não orna, não serve.

Fica com alguém que não tenha conversa de chacha, que não te enrole, que não tenha meias palavras, que não dê desculpas, que não dificulte, que saiba o que quer e que queira agora. Fica com alguém que te assuma, que te tenha ao lado com orgulho, que te apresente aos pais, aos amigos e aos colegas, que te dê a mão na rua, que não tenha medo de te olhar apaixonadamente em público, que não se importe com os outros. Fica com alguém que não deixe as coisas nebulosas, que dê mais certezas do que perguntas, que apresente soluções, que seja a solução dos problemas e não a causa. Fica com alguém que não tenha traumas, nem assuntos mal resolvidos, que saiba que para ser feliz, tem de deixar o passado, que tenha interesse no futuro e que queira esse futuro contigo. Fica com alguém que te faça rir, que te mostre que a vida pode ser leve, mesmo em momentos duros, que seja o teu refúgio, que faça o mundo desaparecer quando te abraça. Fica com alguém que te transborde, que te faça sentir que vais explodir de tanto amor, que te faça sentir a pessoa mais especial do universo, que dê sentido a todos os clichês apaixonados. Fica com alguém que faça planos contigo, que veja um futuro contigo, que te leve consigo, alguém que, apesar de saber viver sem ti, escolha viver contigo. Fica com alguém que não se esconda, nem te esconda, que cada palavra seja directa e clara, que não dê espaço ao mal entendido, cujos actos coincidam com as palavras. Fica com alguém que te admire, que te impulsione para a frente, que te apoie quando mais ninguém acreditar em ti, que te ajude a transformar sonhos em realidade, que acredite que tu és capaz de tudo. Fica com alguém que não tenhas de convencer de que vales a pena, que não tenha dúvidas, que te olhe da cabeça aos pés e saiba, sem hesitar, que és tu e só tu. Fica com alguém que te faça olhar para trás e agradecer por não ter dado certo com ninguém antes. Fica com alguém que faça não existir mais ninguém depois.

Anúncios