Por Gustavo Martins-Coelho e Sofia Silva


Apresentação2

O gráfico acima apresenta, no eixo das abcissas, a proporção da população residente que é imigrante em cada um dos 57 países analisados. O eixo das ordenadas apresenta a proporção de pessoas desse mesmo país que respondeu «imigrantes», quando lhe perguntaram quais os grupos de pessoas que não gostaria de ter como vizinhos.

O país com mais imigrantes é o Qatar e o país com maior proporção de pessoas a responderem que não gostariam de ter imigrantes como vizinhos é a Malásia.

A equação da linha de tendência indica que, por cada aumento em 1 ponto percentual na proporção da população residente que é imigrante, a proporção de pessoas que não gostaria de ter imigrantes como vizinhos aumenta 0,24 pontos percentuais. Contudo, esta variável independente apenas explica 6% da variância da variável dependente.

Os dados provêm da sexta vaga (2010–2014) do inquérito mundial de valores [1] e da Divisão de População do Departamento de Assuntos Económicos e Sociais da Organização das Nações Unidas [2, 3].

Anúncios